Blog da ESSOR

Construções Secas: sustentabilidade e resistência

Construções Secas: sustentabilidade e resistência

11 de julho de 2016

Uma técnica bastante comum nos Estados Unidos e na Europa cresce aos poucos no Brasil. As construções secas aliam diversas vantagens para o construtor, como rapidez, durabilidade, ganho de espaço e, principalmente, sustentabilidade.

Obras desse tipo diminuem o uso de água, conquistando empresários e construtores com mais consciência sobre o respeito aos recursos naturais. Na obra seca, existe uma redução do lixo em até 60%, se comparado a uma construção convencional, segundo especialistas em construção civil de São José do Rio Preto (SP).

A estrutura conta com as paredes secas, chamadas de “drywall”. Dispensa água na produção e instalação e sua espessura depende de cada projeto. Os pisos são colocados por um sistema elevado, composto por suportes metálicos e ajustáveis, facilitando o encaixe.

Além do respeito ao ambiente, também traz economia, uma vez que o sistema mais prático custa de 10% a 15% mais baixo que os convencionais.

Fonte: G1.com

Compartilhar via:

Posts Relacionados

ESSOR Seguros registra crescimento de 9% em prêmios emitidos e 16% de lucro líquido em 2020
26/02/2021

ESSOR Seguros registra crescimento de 9% em p...

Mesmo em um ano atípico como foi 2020, a ESSOR Seguros teve um crescimento de 9% […]

Leia mais...
Crescimento de casas autossuficientes em energia
25/11/2016

Crescimento de casas autossuficientes em ener...

O Brasil deve ter um grande crescimento em residências autossuficientes na geração de energia solar em […]

Leia mais...